3 problemas gerados quando os materiais especificados não são respeitados em obras corporativas

Uma das últimas etapas de um projeto, e também de uma obra, é a fase de acabamento. Conhecida como uma das mais desafiadoras, tanto para arquitetos quanto para engenheiros, por ter que expressar fisicamente o ambiente desejado e fazê-lo funcionar atendendo todas as necessidades de seus usuários.


Geralmente nesta fase, boa parte – ou o todo – do valor programado já foi gasto e as compras de materiais de acabamento acabam sendo comprometidas, mas é importante é destacar que não atender às especificações descritas em projeto por estes profissionais, podem gerar problemas sérios, como não manter a identidade e expectativa prevista em projeto, apresentar acabamentos inferiores e tecnicamente não resolvidos, além de gastos extras e atrasos no prazo de entrega.

A seguir listamos algumas características destes problemas:


1) Não manter a identidade e expectativa prevista em projeto

Empresas corporativas possuem uma identidade bem definida com relação aos seus valores, conceitos e objetivos. Quando do desejo e contratação de um novo escritório, filial, projeto, enfim, essa identidade assim como a expectativa devem estar presentes de forma clara e sensitiva. Algumas vezes representadas nos projetos através da flexibilidade de se alterar layouts, mobiliários com design diferenciado, ou mesmo quando os materiais trazem um determinado tipo de conforto visual, térmico ou acústico. A escolha por uma ou outra solução economicamente mais baixa pode resultar em uma configuração totalmente diferente do conceito projetado e decepcionar o cliente.


2) Acabamentos inferiores e tecnicamente não resolvidos

Conhecer o seu cliente demanda tempo e estudar alternativas que o atendam é algo primordial para elaboração de algo eficiente. Muita pesquisa é necessário dentro deste mercado que está cada vez mais competitivo, cheio de alternativas “similares” para acabamentos. Analisar valores, fornecedores, a qualidade de acabamento e sistema, certificados de performances são alguns dos parâmetros utilizados para definição dos materiais que irão compor o projeto.


Mais uma vez pela economia na obra em sua fase final, a compra de produtos similares – às vezes definidas por conta de características técnicas, visuais ou em alguns casos por nenhuma das duas – pode comprometer funções dentro de um ambiente de trabalho.


3) Gastos extras e atrasos no prazo de entrega

Em consequência dos pontos apresentados anteriormente, quando não respeitadas às especificações de determinados tipos de acabamento, gastos extras costumam se destacar e assustar os administradores da obra principalmente, pois necessitam de retornos rápidos com relação ao investimento. Deverão ser realizados novos estudos de projetos para readequação de áreas, assim como novas compras de materiais que atendam tecnicamente a necessidade dos usuários, além de estender a contratação de mão-de-obra especializada.


Vale ressaltar que não adianta ter as especificações técnicas em mãos e não acatá-las, por isso da importância do acompanhamento pelo profissional responsável com relação ao que foi especificado e do que será adquirido e instalado. Mãos à obra!

Empresa sólida e atuante há mais de 25 anos no mercado brasileiro, a Divisystem fabrica, importa e distribui materiais de acabamento de obra  com qualidade e garantia.

ONDE ESTAMOS

Rua Aníbal Goulart Maia Filho, 263 Bairro Alto, Curitiba/PR

HORÁRIOS

De Segunda a Sexta, entre 8h e 11h48 e 13h e 18h

Junte-se a nossa base de profissionais e receba materiais exclusivos!

whats.png

CLIQUE NO ESTADO  PARA SER REDIRECIONADO AO WHATSAPP OU FALE ATRAVÉS DO CHAT

ENCONTRE SUA REGIÃO 

FALE COM NOSSO TIME